Adolescentes na pobreza

Os adolescentes brasileiros permanecem expostos à pobreza e a casos de violência em nível preocupante, segundo o relatório do Unicef divulgado hoje.

Cerca de 7 milhões e 900 mil adolescentes, entre 12 e 17 anos, vivem em famílias com renda inferior a meio salário mínimo per capita por mês.

O número equivale a 38% dos brasileiros neste faixa etária. Outros 3 milhões e 700 mil jovens nessa idade vivem em extrema pobreza. Ou seja, em famílias que ganham até um quarto do salário mínimo per capita.


O levantamento da Unicef também constatou que 20% dos jovens entre 15 e 17 anos de idade estão fora da escola.

Faixa etária que abrange quase todo o ensino médio. Entre as crianças entre 6 e 14 anos de idade, a situação é menos crítica: 3% sem estudar.

Band

0 comentários:

Postar um comentário