Pai mata filha por ciúme e se suicida

Um crime motivado por ciúmes abalou moradores de Feira de Santana (BA). Na manhã de ontem, um pai matou a filha e depois cometeu suicídio. A estudante  de odontologia da UEFS, Raissa Cristina Pereira Lemos, 20 anos, foi baleada na cabeça e levada por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital Clériston Andrade, onde morreu no início da noite.


 Wilson Marques da Silva morreu ao atirar contra o próprio pescoço. Em um bilhete, Wilson afirmou que teria agido por ciúmes da filha. O crime ocorreu por volta das 7h10 de ontem no Conjunto Feira VI, em frente a casa da universitária.

Natural de Goiás, Raissa morava sozinha e cursava o segundo semestre do curso na Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). Segundo informações da polícia, vizinhos da vítima contaram em depoimento que minutos antes do crime, Wilson tinha sido visto atrás de uma árvore armado com um revólver.

Quando a filha saiu de casa, Wilson atirou contra a jovem e em seguida suicidou-se. O crime foi presenciado por amigos de Raissa que a acompanhavam no caminho da aula. Ambos foram socorridos e levados para a mesma unidade hospitalar. Ele morreu logo após o crime e ela chegou a  ser operada, mas não resistiu.

De acordo com informações da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), os agentes encontraram um bilhete deixado por Wilson, que citava uma amiga da filha e usava termos evidenciando traição, mentiras e desprezo.

Além disso, ele deixou alguns contatos com nomes de pessoas que deveriam ser avisadas sobre o que tinha ocorrido. O bilhete é finalizado por um pedido de desculpas e a certeza de que estaria junto da filha eternamente.

Tribuna da Bahia

0 comentários:

Postar um comentário