Falsa grávida de Taubaté ganha marchinha de Carnaval


“Olha o barrigão dessa mulher. É filho ou não é? É filho ou não é?”. Esse é um trecho da marchinha de Carnaval “Barrigão de Taubaté”, produzida pela Banda Mole de Guaratinguetá (a 176 km de São Paulo), em homenagem à falsa grávida de quadrigêmeos, a pedagoga Maria Verônica Aparecida César Santos, de 25 anos.

Entenda:

A farsa de Maria Verônica, que virou celebridade com a falsa gravidez de quadrigêmeos, começou a ser desvendada pelo obstetra Wilson Vieira de Souza, que disse que ela havia realizado exame de ultrassom, sem diagnóstico de gravidez.

O marido dela afirma que não sabia da farsa. No depoimento, a pedagoga afirmou que evitava qualquer contato físico com ele. Para parecer grávida, Maria Verônica usava "uma barriga de silicone" com enchimento.

0 comentários:

Postar um comentário