Homem é executado a tiros em Paracuá

Nesta sexta-feira (08), por volta das 21h30m, João Magalhães de Oliveira, mais conhecido como João Silvestre, de 40 anos, casado e pai de dois filhos, foi baleado e socorrido pelos moradores. Não resistindo aos ferimentos, veio a óbito ao dar entrada na Santa Casa de Misericórdia de Sobral.

O acusado é Doriberto Marques Alves, de 26 anos. Ele efetuou quatro tiros a queima roupa contra a vítima. Logo após o ocorrido fugiu em sua moto. Segundo testemunhas ele deixou a moto funcionando enquanto efetuava os disparos, assustado, fugiu sem deixar pistas.

Conforme depoimentos de populares, a vítima e o acusado alimentavam uma rixa há anos.

2 comentários:

Paracuá na Web disse...

É uma pena

Anônimo disse...

muita emoção no velório,,,familiáres e,amigos inconformados,,emoçao de seus filhos...uma covardia sem a minima chance de reação da vitíma; familia "destruída" por uma causa banal;

Postar um comentário